topo

seja bem-vindo

............................................... ...............................................

ANTEPROJETOS DE LEI CONTRA MAUS CONSTRUTORES

PEC DA CELERIDADE PEC DA CELERIDADE EMENTA: ―As mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal nos termos do § 3° do Art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte Emenda ao texto constitucional: Art.1°- O Art. 59da CF passa a viger com a seguinte redação: Art. 59 – §1°..................... .................. §2° - Todas as proposições que tramitam no Senado Federal,na Câmara dos Deputados, Assembléias Legislativas e Câmaras Municipais por mais de dois anos e um dia, deverão ser incluídas pelos Presidentes das respectivas Casas de Leis para apreciação do povo brasileiro no plebiscito que ocorrer com a próxima eleição do pais. As proposições aprovadas no plebiscito serão promulgadas pelo Presidente do Congresso Nacional, Presidentes das Assembléia Legislativas e Câmaras Municipais no prazo máximo de trinta dias contados da data do plebiscito e entrarão em vigor a partir da publicação em Diário Oficial da União, dos Estados e Municípios. Art 2° - É incluído no Art 103B da CF o inciso VIII, passando a viger com a seguinte redação: Art 103B- VIII - receber dos tribunais estaduais e federais a relação dos processos em tramite por mais de dois anos e um dia e determinar a estes tribunais que os incluam no regime de mutirão, com uso do sábado, domingo e feriados. O sentencia mento deve ocorrer no prazo máximo de seis meses, sob pena de intervenção do CNJ. Quando as pessoas se unem,a fé aumenta,a dor diminui,a esperança aparece e o amor resplandece. Quando as pessoas se unem,a fé aumenta,a dor diminui,a esperança aparece e o amor resplandece.

MENUS

frase de bispo

INFORMATIVO:

MANDE SEU COMENTÁRIO

MANDE SEU COMENTÁRIO

domingo, 10 de novembro de 2013

NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DE FELICIANA MOTA E DO SARGENTO ANTONIO HÉLIO BORGES

A AMIRPA – Associação dos Oficiais Militares PM/BM da Reserva e Reformados do Estado do Pará e a FEMPA – Federação das Entidades Militares do Estado do Pará, através das suas Diretorias e de todos os seus Associados, manifestam seu mais profundo pesar pelo assassinato de FELICIANA MOTA e de seu esposo sargento ANTÔNIO HÉLIO BORGES, da Polícia Militar do Pará. Fatos ocorridos na quinta-feira, dia 07 de novembro e sábado 09 de novembro de 2013. Em Belém, vítimas da criminalidade violenta que assola o país e. De modo particular.  o Estado do Pará. O Sargento ANTONIO HELIO BORGES, de folga, dirigindo seu veículo particular, tendo ao lado sua esposa FELICIANA MOTA deparou com assaltantes fugindo de um estabelecimento comercial, no centro de Belém, que acabaram de roubar. Fiel ao seu juramento perante as bandeiras do Brasil e do Pará, de defender a lei e a ordem pública com sacrifício da própria vida, se necessário for, lançou seu veículo particular contra a moto de um dos assaltantes. Derrubando-o ao solo impedindo sua fuga e possibilitando sua prisão pelos policiais-militares que atendiam a ocorrência. Dois outros assaltantes. Integrantes do grupo criminoso. Vieram em seu auxilio e desferiram dezenas de tiros contra FELICIANA MOTA e seu esposo Sargento ANTONIO HELIO BORGES, os quais vieram a óbito, a primeira imediatamente no local do crime e o segundo no Hospital Metropolitano no último sábado dia 09. As vítimas eram pessoas comprometidas com a luta pela aprovação do piso salarial nacional dos policiais-militares, especificamente a conhecida PEC 300. Ambos integravam a diretoria da Associação dos Familiares PM e BM, se fazendo presentes em todas as manifestações realizadas em favor da causa na Câmara dos Deputados. FELICIANA MOTA, destarte ser civil, foi quem, diante da inércia do Presidente da Câmara em colocar a PEC 300 em votação, frustrando o sonho de 1.400.000 policiais-militares ativos e inativos do país, comandou a invasão do plenário da Câmara pelos manifestantes presentes, fato de repercussão nacional, que levou os presidentes do Senado Federal e Câmara Federal a desarquivarem todas as proposições legislativas referentes à Segurança Pública, criando uma Comissão Especial para analisá-las e oferecer Parecer Conclusivo no prazo máximo de 90 dias. É este o legado do Sargento ANTONIO HELIO BORGES e sua esposa FELICIANA MOTA à causa do piso salarial unificado dos policiais-militares de todas as corporações do país. Ambos deixaram suas vidas para ingressarem na história do Brasil, do Pará e das Polícias Militares e Corpo de Bombeiros como heróis, cujos exemplos de amor à Pátria, aos Estados e as Polícias Militares e Corpos de Bombeiros serão para todo o sempre exemplos para as gerações presentes e futuras de militares estaduais. A AMIRPA e a FEMPA se solidarizam com seus familiares e amigos pela grande perda. A morte brutal desses zelosos brasileiros e paraenses, líderes da luta da causa do piso salarial nacional dos integrantes das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros deixa uma grande lacuna e uma profunda tristeza em todas as Instituições Militares do Pará e do Brasil, de modo especial aos associados da AMIRPA e FEMPA!

CEL PM R/R FLAVIANO GOMES MELO
Presidente da AMIRPA

MAJ PM R/R JOÃO FRANCISCO GÁRCIA REIS

Presidente da FEMPA 

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

DEPUTADOS HONESTOS CONSEGUEM COLOCAR FIM NA FARRA DO 14 E 15 SALÁRIOS

Sem salários extras, parlamentar diz que vai ter dificuldade para pagar 'caixões e receitas médicas' para eleitores 28/02/2013 - 13h21 | do UOL Notícias Aumentar tamanho da letra Diminuir tamanho da letra Compartilhar Imprimir Enviar por e-mail Comente Divulgação O deputado federal Francisco Escórcio (PMDB-MA) discursa no plenário. Segundo ele, vai faltar dinheiro para "caixões e passagens" com fim do 14º e 15º salário Do UOL, em São Paulo A Câmara aprovou na quarta-feira (27) um projeto que limita o pagamento de 14º e 15º salário para deputados e senadores, mas a decisão contrariou alguns parlamentares. Em entrevista à rádio CBN, o deputado Francisco Escórcio (PMDB-MA) criticou a medida, e alegou que utiliza o dinheiro para pagar “caixões e passagens” para eleitores menos favorecidos que visitam seu gabinete. Essa ajuda de custo, porém, é destinada para suprir a necessidade que os parlamentares têm ao se mudar, com suas famílias, para a capital, no início e no final de cada ano durante o recesso. LEIA MAIS Brasil tem juiz que recebe por mês o que colega de país rico ganha em um ano Renan elogia fim de 14º e 15º salários e diz que processo de austeridade é "irreversível" Petista toma painel do DEM e começa confusão na Câmara Manifestação da oposição sobre mensalão gera bate-boca na Câmara Ontem, o deputado Newton Cardoso (PMDB-MG) se pronunciou abertamente contra o projeto. “Eu vou abrir mão sim, mas é preciso ajudar aqueles que precisam desse dinheiro. Acho uma deslealdade com estes deputados cortar o salário deles. Acho errado! Pago para trabalhar aqui, pago caro”, disse. Os vencimentos mensais dos parlamentares são de R$ 26.723,13. “É um clientelismo e assistencialismo sem igual. O deputado deveria fiscalizar o poder executivo, e não oferecer estes favores. Caso a entrega dessas benesses esteja condicionada ao voto no próximo pleito, pode ser caracterizado o crime eleitoral da compra de votos”, afirma Helio Silveira, advogado especialista em sistema eleitoral. A reportagem tentou entrar em contato com Escórcio, mas ele não foi encontrado em seu gabinete. O projeto de decreto legislativo, de autoria da ex-senadora e atual ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT-PR), já tinha sido aprovado há cerca de nove meses no plenário do Senado. Ao extinguir os salários extras, o projeto prevê que os parlamentares ainda continuem recebendo dois salários a mais, um no início e outro no final do mandato. Ou seja, para os deputados, a cada quatro anos; para os senadores, a cada oito anos. Câmara aprova fim de 14º e 15º; veja trechos da sessão Imagem da câmara A colocação do assunto em pauta é uma tentativa do presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), de melhorar a imagem da Câmara dos Deputados diante da opinião pública. "Parabéns a este plenário, que resgata a altivez dessa Casa", declarou após a aprovação. "Como trabalhadores que somos, não merecemos nenhum direito a mais", disse a deputada Manuela D'Ávila (PCdoB-RS), líder da bancada comunista. "Esta tarde é uma tarde histórica", declarou o deputado Rubens Bueno (PPS-PR). "Esse dinheiro não nos pertence." A extinção do pagamento do 14º e do 15º trará economia de R$ 27,4 milhões anuais à Câmara e de R$ 4,32 milhões ao Senado, totalizando R$ 31,7 milhões. De acordo com a assessoria da Câmara, apenas 30 dos 513 deputados abriram mão voluntariamente do benefício. O subsídio pago aos parlamentares teve origem quando a capital da República federal ainda era o Rio de Janeiro..  Comunicar erroEnviar por e-mailCompartilharLink Comente no Facebook Anuncie aqui SKY LIGHT é mais diversão 122 canais + 1 ponto extra sem custo a partir de R$69,90 Assine.Sky.com.br Trabalhe pela Internet Inscrições abertas. Inscreva-se e receba nosso contato ainda hoje. opp-meeting.com Fast Shop Ultrabook Samsung Core I3 R$ 1.543,02 à vista FastShop.com.br

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/brasil/2013/02/28/sem-salarios-extras-parlamentares-reclamam-que-falta-verba-para-pagar-caixoes-e-receitas-medicas.jhtm

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

CONVITE

REUNIÃO DA DIRETORIA DA IGREJA CATÓLICA CARISMÁTICA
DIA; 23/02/2013
HORA: 16,00 h em diante.
LOCAL : CAPELA DE SÃO PEDRO
Trav Antonio Baena canto com Av Marques do Herval
Bairro Pedreira
Contato : 91- 3226-56-71
Ir Alberto - 81977779 ou 88172367 ou 92523083 ou 83604672
e-mail : igrejacatolicacarismatica@bol.com.br
iralberto2007@yahoo.com.br
osiaslino@yahoo.com.br

domingo, 20 de janeiro de 2013


União aplica apenas 23% da verba para segurança pública

Dos 3,1 bilhões de reais previstos, apenas 738 milhões foram utilizados. Para especialista, burocracia e má vontade política contribuem para o quadro

Comissão dos Direitos Humanos dos Policiais de São Paulo, profissionais de segurança pública e familiares de policiais militares mortos se reuniram em ato ecumênico no vão livre do MASP, em 2012 (Marlene Bergamo/Folhapress)
A criminalidade é um dos temas que mais afligem o brasileiro. E é fácil entender por que: o país registra estatísticas de homicídios comparáveis a nações em guerra, a violência se espalha entre jovens e pelo interior do território. O governo federal acaba por manter certa distância do tema, uma vez que, por determinação constitucional, o controle das polícias militar e civil fica a cargo dos estados. Levantamento da ONG Contas Abertas revela, porém, que nem mesmo nas áreas em que é obrigada a atuar, a União faz sua parte como deveria. Dos 3,1 bilhões de reais previstos em orçamento para a segurança pública em 2012, 1,5 bilhão sequer foi empenhado. O governo aplicou apenas 738 milhões de reais – 23,8% do total.

O total desembolsado pelo governo para aquisição de veículos e equipamentos, além da melhoria da infraestrutura de presídios e departamentos de polícia, foi maior do que o registrado em 2010 e 2011, mas muito aquém, por exemplo da cifra gasta em 2007: 1,2 bilhão de reais.

Para Antônio Flávio Testa, cientista político especializado em criminalidade, as dificuldades federais em aplicar os recursos estão muito ligadas ao excesso de burocracia, à inoperância sistêmica dos diversos órgãos do governo e ao descompromisso com resultados nas chamadas áreas meio do governo. “Não há coordenação, nem cobrança efetiva de resultados. É preciso modernizar o processo administrativo. Se o governo quiser, de fato, agilizar a solução dos problemas de segurança pública, precisa pressionar, com muita ênfase, o Congresso, pois é preciso rever atribuições da União, dos estados e municípios”, explica.

Na opinião do cientista político, o Ministério da Justiça, o Tribunal de Contas da União e a Controladoria-Geral da União, poderiam ter uma postura mais ativa, fiscalizando e assumindo um modelo de gestão em que atuassem preventivamente, e não apenas após as ações. “Seguramente muitos equívocos, desvios e outros malefícios gerenciais seriam evitados. Isso não ocorre porque não há vontade política, nem do Executivo, nem do Judiciário e, principalmente, do Legislativo. O resultado é a ineficiência gerencial, o crescimento da violência e a insatisfação popular”, conclui.

O levantamento do Contas Abertas levou em conta gastos com Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) , o Fundo de Aparelhamento da PF e o Ministério da Justiça (MJ). A maior parcela foi investida pelo FNSP: 324,5 milhões de reais. Os recursos foram destinados ao Sistema Único de Segurança Pública (Susp), criado para articular as ações federais, estaduais e municipais na área da segurança pública e da Justiça Criminal (130,7 milhões de reais), e às ações do programa Segurança Pública e Cidadania (193,8 milhões de reais). (Veja).

sábado, 12 de janeiro de 2013

PEROLAS DO ENEM DE ESTUDANTES DO ESPIRITO SANTO


EPAÇANDO...E... DiVUGANDO...
 
Amiguinhos,  não sei se é prá rir ou prá chorar (quem sabe, xorar!), mas o pior é que eles votam !!!!! Este é o resultado doENEM de 2012, no Espirito Santo.
    Rir...para não chorar.
 
                                                                                    Clique em mim!




Pensaram que neste ano não haveria?  Demorou mas...  infelizmente chegaram:  As "pérolas" do ENEM 2012:
"O Brasil não teve mulheres presidentes mas várias primeiras-damas foram do sexo feminino".(Ou seja: alguns ex-presidentes casaram-se com travestis.)
"Vasilhas de luz refratória podem ser levadas ao forno de microondas sem queimar".(Alguém poderia traduzir?!)

"O bem star dos abtantes da nossa cidade muito endepende do governo federal capixaba".(Vende-se máquina de escrever faltando algumas letras.)

"Animais vegetarianos comem animais não-vegetarianos".(Esse aí deve comer capim.)

"Não cei se o presidente está melhorando as insdiferenças sociais ou promovendo o sarneamento dos pobres. Me pré-ocupa o avanço regresssivo da violência urbana"
.
("Sarneamento” deve ser o conjunto de medidas adotadas por Sarney no Maranhão. Quer dizer, eu “axo”, mas não me “pré-ocupo” muito.)

"Fidel Castro liderou a revolução industrial de 1917, que criou o comunismo na Russia".(Não, besta, foi o avô dele.)
"O Convento da Penha foi construído no céculo 16 mas só no céculo 17 foi levado definitivamente para o alto do morro".(Demorou o "céculo" inteiro pra fazer a mudança.)

"A História se divide em 4: Antiga, Média, Momentânea e Futura, a mais estudada hoje".(Esqueceu a História em Quadrinhos.)
"Os índios sacrificavam os filhos que nasciam mortos matando todos assim que nasciam".(Mas e se os índios não matassem os mortos????)

"Bigamia era uma espécie de carroça dos gladiadores, puchada por dois cavalos".(Ou era uma "biga" macho que tinha duas "bigas" fêmeas, puxada por um burro?!)

"No começo Vila Velha era muito atrazada mas com o tempo foi se sifilizando".(Deve ter sido no tempo em que lá chegaram as primeiras prostitutas.)

"Os pagãos não gostavam quando Deus pregava suas dotrinas e tiveram a idéia de eliminá-lo da face do céu".(Como será que eles pretendiam fazer isso?!)

"A capital da Argentina é Buenos Dias".(De dia. À noite chama-se Buenas Noches.)

"A prinssipal função da raiz é se enterrar no chão".(E a "prinssipal" função do autor deveria ser a mesma. E ainda vivo...)

"As aves tem na boca um dente chamado bico".(Cruz credo.)

"A Previdência Social assegura o direito a enfermidade coletiva".(hehe. Esse é espirituoso...)

"Respiração anaeróbica é a respiração sem ar, que não deve passar de 3 minutos".(Senão a anta morre.)

“Ateísmo é uma religião anônima praticada escondido. Na época de Nero, os romanos ateus reuniam-se para rezar nas catatumbas cristãs".(E alguns ainda vivem nas "catatumbas".)

"Os egipícios dezenvolveram a arte das múmias para os mortos poderem viver mais".(Precisa "dezenvolver" o cérebro. Será que egipício é para rimar com estrupício?)

"O nervo ótico transmite idéias luminosas para o cérebro".(Esse aí não deve ter o tal nervo, ou seu cérebro não seria tão obscuro.)

"A Geografia Humana estuda o homem em que vivemos".(I will survive.)

"O nordeste é pouco aguado pela chuva das inundações frequentes".(Verdade: de São Paulo até o Nordeste, falta construir aquadutos para levar as inundações.)

"Os Estados Unidos tem mais de 100.000 Km de estradas de ferro asfaltadas".(Juro que eu não li isso.)

"As estrelas servem para esclarecer a noite e não existem estrelas de dia porque o calor do sol queimaria elas".(Hum... Desconfio que vai ser poeta!)

"Republica do Minicana e Aiti são países da ilha América Central".(Procura-se urgente um Atlas Geográfico que venha com um Aurélio junto.)

As autoridades estão preocupadas com a ploleferação da pornofonografia na Internet".(Deve estar falando do CD dos Raimundos.)

"A ciência progrediu tanto que inventou ciclones como a ovelha Dolly".(Teve a ovelha Katrina, também. Só que ela era meio violenta...)

"O Papa veio instalar o Vaticano em Vitória mas a Marinha não deixou para construir a Capitania dos Portos no mesmo lugar".(Foi quando ele veio no papamóvel, lembra?)

  "Hormônios são células sexuais dos homens masculinos".(Isso. E nos homens femininos, essas células chamam-se frescurormônios.)

"Os primeiros emegrantes no ES construiram suas casas de talba".(Enquanto praticavam “Tiro ao Álvaro”.)
"Onde nasce o sol é o nacente, onde desce é o decente".(Indecente: o sol não nasceu pra todos.)

 
 
 
 

 Embora não seja favorável ao fechamento dos Legislativos, concordo com o en xugamento:diminuição do nº de vereadores, deputados estaduais e federais, sem direito a aposentadoria,14º,15º etc....
                A França acaba de diminuir o salário do Presidente e dos Ministros, então..."allons enfants..."
 ... PARECE QUE O POVO ESTÁ ACORDANDO!!!
É... o clima lembra o período que antecedeu a revolução francesa. 
O terceiro estado (povo) clama por justiça.
Um milhão de pessoas na Avenida Paulista pela demissão de toda a classe política (ainda sem data marcada) Este e-mail vai circular hoje e será lido por centenas de milhares de pessoas. A guerra contra o mau político, e contra a degradação da nação está começando. Não subestimem o povo que começa a ter conhecimento do que nos têm acontecido, do porquê de chegar ao ponto de ter de cortar na comida dos próprios filhos! Estamos de olhos bem abertos e dispostos a fazer tudo o que for preciso, para mudar o rumo deste abuso.

Todos os ''governantes'' do Brasil, até aqui, falam em cortes de despesas - mas não dizem quais despesas - mas, querem o aumentos de impostos como se não fôssemos o campeão mundial em impostos.
Nenhum governante fala em: 

1. Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, 14º e 15º salários etc.) dos poderes da República;

2. Redução do número de deputados da Câmara Federal, e seus gabinetes, profissionalizando-os como nos países sérios. Acabar com as mordomias na Câmara, Senado e Ministérios, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do povo;

3. Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego;

4. Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de reais/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.

5. Acabar com o Senado e com as Câmara Estaduais, que só servem aos seus membros e aos seus familiares. O que é que faz mesmo uma Assembléia Legislativa (Câmara Estadual)?

6. Redução drástica das Câmaras Municipais e das Assembléias Estaduais, se não for possível acabar com elas.

7. Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas atividades; Aliás, 2 partidos apenas como os EUA e outros países adiantados, seria mais que suficiente.

8. Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc.., das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País;

9. Acabar com os motoristas particulares 24 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias... para servir suas excelências, filhos e famílias e até, as ex-famílias...

10. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado;

11. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc.;

12. Acabar com o vaivém semanal dos deputados e respectivas estadias em  em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes;

13 Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós que nunca estão no local de trabalho). HÁ QUADROS (diretores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE CONSULTORIAS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES....;

14. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir aos apadrinhados do poder - há hospitais de cidades com mais administradores que pessoal administrativo... pertencentes Às oligarquias locais do partido no poder...

15. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar;

16. Acabar com as várias aposentadorias por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo LEGISLATIVO.

17. Pedir o pagamento da devolução dos milhões dos empréstimos compulsórios confiscados dos contribuintes, e pagamento IMEDIATO DOS PRECATÓRIOS judiciais;

18. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os ladrões que fizeram fortunas e adquiriram patrimônios de forma indevida e à custa do contribuinte, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente "legais", sem controle, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efetivamente dela precisam;

19. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efetivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas VALEM e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida;

20. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos.

21. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu patrimônio antes e depois.

22. Pôr os Bancos pagando impostos e, atendendo a todos nos horários do comércio e da indústria.

23. Proibir repasses de verbas para todas e quaisquer ONGs.

24. Fazer uma devassa nas contas do MST e similares, bem como no  de todos os partidos políticos.

25. REVER imediatamente a situação dos Aposentados Federais, Estaduais e Municipais , acumulativas, que excedem o teto constitucional 

26. REVER as indenizações milionárias pagas indevidamente aos "perseguidos políticos" (guerrilheiros).

27. AUDITORIA sobre o perdão de dívidas que o Brasil concedeu a outros países.
28. Acabar com as mordomias  (que são abusivas) da aposentadoria do Presidente da Republica, governadores e prefeitos, senadores, deputados federais e estaduais e vereadores  após um mandato, nós temos que trabalhar 35 anos e não temos direito a carro, combustível, segurança, etc. QUE ELES CONTRIBUAM COM 35 ANOS PARA O INSS COMO FAZEM TODOS OS BRASILEIROS. ELES NÃO SÃO CIDADÃOS DE MARTE. SÃO CIDADAOS DO BRASIL , LOGO ESTÃO SUJEITOS AS LEIS DO POVO BRASILEIRO. 

29. Acabar com o direito do prisioneiro receber mais do que o salário mínimo por filho menor, e, se ele morrer, ainda fica esse beneficio para a família.  O prisioneiro deve trabalhar para receber algum benefício, e deveria indenizar a família que ele prejudicou.

30 - Aumentar de 30 anos de reclusão para setenta anos a pena máxima no Código Penal Brasileiro

31- - Fixar como pena mínima para crimes hediondos ( pedofilia, homicidio doloso, improbidade administrativa, latrocínio, roubo seguido de morte, perceber mais de uma aposentadoria, perceber mais do que teto constitucional, simular doença para obter aposentadoria, receber aposentadoria em nome de familiar ou pessoa falecida) 30 anos de reclusão e máxima 70 anos, sem direito a qualquer benefício carcerário. Pena accessoria de perdimento de todos os bens materais do criminoso em favor da vítima e de seus herdeiros. 


 32- Todo processo civil ou criminal inicia e termina no Estado, devendo o Acórdão do Tribuna Estadual transitar em julgado. No caso de recurso, este não tem efeito suspensivo. Ele tramita com a pena sendo executada. 

33- Fim da industria de dano moral. O valor máximo a ser pleiteado como dano moral é de 60 salários mínimos para quem estiver sob o manto da justiça gratuita. Além deste valor o autor deverá depositar trinta por cento do valor do dano pedido a titulo de caução. No caso da ação ser julgada improcedente , o valor da caução será destinada ao Réu. 

34- Os policiais federais e estaduais, civis e militares terão um piso único. É requisito para admissão a Força Policial ser titular de diploma de nível superior. O piso inicial do policial é isonômico ao de juiz de direito de terceira entrância. 

35- Fim do instituto de prescrição . Direitos não prescrevem. Toda pessoa tem direito de ajuizar a qualquer tempo ação visando buscar seus direitos. Só a sentença judicial coloca fim a pretensão de um direito. 

36- Considerar crime hediondo receber além do teto constitucional e não devolver o recebido ilicitamente aos cofres publicos no prazo máximo de 60 dias. 

37- Considerar crime hediondo receber mais de uma aposentadoria ou aposentar-se com menos de 35 anos de contribuição para o respectivo instituto de aposentadoria 





Ao "povo", pede-se o reencaminhamento deste e-mail.
Se tiver mais algum item ,  faça  o  favor  de  acrescentar.

''O QUE ME INCOMODA NÃO É O GRITO DOS MAUS, E SIM, O SILÊNCIO DOS BONS''(Martin Luther King)
-- 
"Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina".

Cora Coralina
**************************
**************************

Nascimento, Joao G.
(61) 9312-2656
__._,_.___
ATIVIDADE NOS ÚLTIMOS DIAS:

    Dê um play aqui, e ouça...

    >>>>>>>>>>>>>

    PESQUISE POR AQUI...

    BARRA DE VÍDEOS MILITARES

    Loading...

    Arquivo do blog